Marcas falicas

05:30

A história é sobre um jovem gay e não que não se aceitava dessa forma.



 Na escola era chamado de bicha a viado, essas crianças corriam até mãe do garoto para contar "gay não pode, porque ele gay o que a mãe iria falar..."

 Cresceu chorando no seu armário,  escondido.. Nada podia fazer, apenas se esconder, ele sabia que era diferente, o corpo dele agia diferente, mas nem ele aceitava, nem ele entendia.. Apenas convivia ou melhor, na época, aturava...
Mas depois de anos, após seus pulsos com marcas fálicas, descobre que não é o único. Na verdade os únicos que lhe encontrava. Ele achou o amor, mas confuso estava. Era seu amor correspondido? Era. Era igual a ele? Sim. Um homem de caráter. E aí estava, um amor verdadeiro, sim amor de almas gêmeas ali estava!!

 Adultos já eram, responsáveis por eles já eram, já entendiam a vida e já aceitavam.. Agora não só, mas com a pessoa amada.

Autor: Um amigo amado



Esse post está programado para o dia 23/02 as 05:30 por que eu (Denise) estarei resolvendo algumas coisas e não terei tempo pra atualizar no meu dia que no caso é nas segundas-feiras. 

Vá embora não, tome mais uma dose

0 comentários