Dias...

15:28






Mesmo que façamos planos, para a rotina que criamos, não há como fugir dela.
A cada dia da semana, passando os dias como não quer nada, ou vezes querendo tudo e não tendo nada com que gastar ou difamar.Os dias passam vagamente como um bêbado solidário.  
Vem a Segunda,ela sempre chegando com uma timidez absoluta como um simples nada. Ai dormem o mundo,acabou..
Dia seguinte aparece a Terça marcando presença em todos os lugares e bancando sua função, já que a Segunda nunca faz nada. Depois que a Terça ter cumprido tudo e de  muito ter feito no fim do dia ela repousa e liga para a Quarta para que ele possa assumir com sua função. A Quarta todo parecendo um malandro de feira mexe os braços e sai todo faceiro em busca de algo que possa suportar o restante do dia, sai e veste suas roupas toda abarrotadas e vai ao trabalho. Com a cara emburrada por não aquentar mas o trabalho, vai assim mesmo e trabalha como um condenado. Depois de um dia estressante ele liga furioso para a Quinta e pronuncia (sua vez boa sorte)..
A Quinta com a cara emburrada torce mais dos que seus outros amigos para que o fim do dia chegue logo para que ela possa cuidar de si, e de sua casa. Faz uma breve visita a sua amiga de vida aberta,e diz:ai amiga não aquento mais! tem como você me da uma ajudinha e tentar alegrar a todos de um modo que eles possam suporta esses dias? A Sexta toda pensativa, topa o acordo, a quinta agradece e se vai..
A Sexta satisfeita tentando manipular os demais até o final de semana,pensa em um truque que a maioria se deleita.Com uma (Olá), tão medíocre quanto os que aparecem nos dias anteriores,ela cambaleia com um olhar condutora a todos com um sacaneamento sedutora.
Se apresenta para o Sábado e diz: Que tal emendarmos nossos dias e embriagamos para que se passem logo esses dias tão complicados? O Sábado todo faceiro tenta disfarçar como uma não querendo nada e a ignora. Mas depois de vê-lá toda arrumada, e elegante e com um olhar sedutor se deleita e percebem que passou a semana inteira para acabar o sábado com uma companhia que pode-se satisfazer seus desejos carnais. Pobre do Domingo chega todo pensativo,planeja como arrumar e o que fazer nos seus minutos cansados. Simplesmente ele deita em sua cama, e descansa todo seus problemas e pensamentos da semana, levando a brisa que atravessa a janela do seu quarto e por fim,começa tudo oura vez...


-Aline Cruz


    

Vá embora não, tome mais uma dose

0 comentários